Aborto: Solução para quem?

em Artigos | 0

Por Julie Maria

Quando falamos sobre o aborto logo aparecem as duas posições radicais: a favor ou em contra. Por quê? Porque não existem posições “mornas” em relação à vida humana. Ou ela é sagrada ou ela é lixo. Ou ela vale o sangue de Cristo ou ela não vale nada. Por isso neste tema o cristão não pode ter sua “própria” opinião e com isso ser indiferente a esta guerra entre a civilização da morte e civilização da vida que acontece a cada minuto, na nossa frente.

Abortar é o pior crime da humanidade porque se faz ao mais indefeso de todos. Dizem que Deus escolheu o seio de mãe para a nova vida por ser ali o lugar mais protegido. Que tragédia! Onde o bebê estaria mais protegido esta sendo mais atacado. Não caiamos neste conto ridículo de que a vida começa ‘a partir de tal semana’ ou a partir do surgimento de ‘tal órgão’. A vida humana é vida humana desde o inicio ou não se é nunca, assim como eu sou eu desde o primeiro dia da minha concepção até hoje, mesmo com todas as mudanças que existiram interiormente e exteriormente.

O aborto não é solução para ninguém. O aborto é o fruto de uma sociedade que não reconhece o obvio: se está auto-destruindo! Não é abortando e sim educando que vamos encontrar a solução para os problemas que hoje nos atingem. Dizem que educar demora, e é verdade, mas o trauma do aborto para aquelas que a fazem não demora muito mais para sair do coração e da mente?

Na verdade, cada um de nós temos que aceitar e defender a vida – toda vida humana- como ela é: um inefável dom de Deus, presente que recebemos dAquele que nos amou primeiro e nos chama para viver na eterna felicidade com Ele. Ah, se nós cristãos não fossemos indiferentes! A luta já estaria ganha e a vida já estaria protegida!

Deixe um comentário